Frustração, Transformação e Santidade

De qual copo você gostaria de beber?

Ambos demonstram o trabalho de um filtro de água BioSand, inventado por David Manz no início de 1990. Desde então, esses filtros simples e duráveis ​​têm sido usados ​​em todo o mundo para purificação de água. O vidro à esquerda é a aparência da água na parte superior do filtro; o vidro à direita foi retirado da parte inferior do filtro. A diferença? Tempo. A filtração é um processo lento, alimentado pela gravidade por meio de areia e cascalho. O filtro remove até 100% dos helmintos (vermes), até 100% dos protozoários, até 98,5% das bactérias e entre 70 e 99% dos vírus. [1] A água está presente o tempo todo, mas o tempo é o que clareia a água no copo.

Tempo e processo podem ser frustrantes, não é? Conhecemos a clareza e a pureza, ou sujeira e toxicidade potencial, quando as vemos. Nós sabemos qual deve ser o resultado no final. No entanto, para se chegar a esse resultado é preciso se livrar das impurezas, remover o que é potencialmente fatal, e por fim, simplesmente esperar. Não dá para apenas abrir a torneira e ter água pura!

Em Romanos 7:18–19, Paul escreve: “Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.” Você se identifica com a autorrevelação de Paul aqui? É o processo de remoção de todas as impurezas, de tudo o que vai me matar. Isso é lento, árduo e possivelmente até frustrante; afinal, “Eu não consigo realizar… o bem que desejo”.

“Eu nunca jamais, vou fazer isso de novo.”

“Esta foi a última vez. Com certeza. Eu quero ser diferente agora.”

“O que está acontecendo na minha cabeça? Por que estou pensando isso? Eu nem quero. É tão frustrante!” 

Como educadores cristãos estamos comprometidos com a transformação — com ver todos se tornando tudo o que Deus deseja. E uma das coisas que Deus deseja é que sejamos como Ele. “Sejam santos porque eu, o SENHOR, o Deus de vocês sou santo.” (Lv 19: 2) Mas como isso é possível? Sabemos que não temos como administrar o comportamento de alguém, obrigando-os a mudar de vida. Não conseguimos fazer isso em uma sala de aula, e certamente não conseguimos fazer isso em nosso próprio coração, alma, mente e corpo. Charles Spurgeon disse bem: “Santidade não é o caminho para Cristo; Cristo é o caminho para a santidade.”[2] Por conta própria, não posso produzir santidade mais do que poderia produzir água limpa.

Contudo, a bela notícia do evangelho é esta: a santidade nos é dada por Aquele que é eternamente santo. O autor de Hebreus levanta nossas cabeças e corações para ver que “fomos santificados, por meio do sacrifício do corpo de Jesus Cristo, oferecido uma vez por todas” (He 10:10). Observe atentamente a ação de Deus, por meio de Cristo: “fomos santificados”. É isso! Essa é a nossa posição em Cristo. Uma posição que recebemos como seus filhos e filhas, não devido a uma capacidade de espremer a impureza das nossas vidas depois de muito esforço, mas porque seu Espírito em nós é a nossa fonte de vida.

Mas conhecemos muito bem a sensação de estarmos sendo filtrados e em processo, não é? Deus também sabe disso e planejou esse processo especificamente para que você e eu aprendamos a viver em Cristo. “Porque por meio de um único sacrifício ele aperfeiçoou para sempre aqueles que estão sendo santificados.” (He 10:14). Olhe atentamente para este versículo, “os que estão sendo santificados”. Nós “fomos feitos” e “estamos sendo santificados”. Esta é a poderosa dinâmica da obra santificadora do Espírito Santo nas nossas vidas.

Aqui está um incentivo final do evangelho para você. Assim como a água pura no copo à direita estava latente na água no copo à esquerda, você está se tornando o que Deus sempre desejou que você fosse pelo poder de seu Espírito. Aqui está uma passagem estruturada pedagogicamente: “Vocês foram ensinados… a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante em justiça e santidade. ” (Ef 4:22-24) Você foi criado para ser exatamente o que Deus espera que você seja — justo e santo. Que você seja encorajado a permitir que o Espírito Santo continue o processo que ele iniciou em você! Que você tenha a certeza de que Ele vai remover as coisas tóxicas de seu coração, dos seus hábitos e do seu modo de ser e agir! Que você seja inspirado a viver uma vida santa, onde a pureza de Deus brilhe através de você e daqueles que você impactou para a transformação.

Para uma reflexão mais aprofundada:

  • Em que área da sua vida você anseia por mais santidade? Como Deus está inspirando você a continuar a ser santificado?
  • Como você compartilharia o conceito de santidade com um aluno para que ele se tornasse um santo aluno do 4ª ano (ou seja lá o ano ou faixa etária com que você trabalha)?
  • Como a santidade de Deus é uma boa notícia necessária para sua vizinhança?
Brian Delamont
Diretor de Desenvolvimento Espiritual Global
TeachBeyond

Trad. por Raphael A. Haeuser


[1] “What is a Biosand Filter?” (O que é um Filtro Biosand?) CAWST, www.cawst.org/services/expertise/biosand-filter/more-information.

[2] Frase atribuída a C. H. Spurgeon em vários sermões e artigos.

Posts recentes:

Eventos:

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

Didaquê


Fique em contato com a gente

Escritório Nacional: Av. Júlio de Castilhos, 1401 Sala 501 — 95010-003 — Caxias do Sul/RS

um ministério:

TeachBeyond Brasil