Por que Ensinamos? o Grande Currículo por trás do currículo

A maioria de nós responderia a essa pergunta dizendo que queremos fazer diferença, que queremos ajudar a tornar o mundo um lugar melhor, ou pelo menos fazer alguma coisa para melhorar a vida de nossos alunos, preparando-os bem para o futuro.

A missão de um professor cristão é participar da missão de Deus. É Ele quem está continuamente trabalhando para transformar pessoas e comunidades em tudo o que Ele quer que elas sejam. Sim, nós ensinamos matemática, ciências, português e artes, mas vamos lembrar que esses não são os fins. É por meio dessas várias disciplinas que nossos alunos desenvolvem seus próprios conjuntos únicos de conhecimento, habilidades, valores e atitudes à medida que avançam no caminho de se tornarem tudo o que Deus quer. Não ensinamos simplesmente leitura, ciência ou arte. Nós ensinamos um currículo muito maior. Podemos até chamá-lo de o Grande Currículo.

Ensinamos este Grande Currículo perguntando e respondendo a algumas perguntas essenciais em cada uma das disciplinas que ensinamos:

  • Quem é Deus?
  • O que Ele quer para nosso mundo e nossas comunidades?
  • Quem sou eu?
  • O que Deus quer para mim?

A partir disso, lembramos aos nossos alunos que nosso Deus criou o mundo de forma ordenada, cheia de padrões incríveis que existem tanto para nossa descoberta quanto para nosso uso. Mostramos como os números nem sempre são usados ​​para os propósitos pretendidos por Deus, mas podem ser usados ​​para enganar ou trapacear, ou talvez exponham desigualdades que Deus quer que resolvamos.

Convidamos nossos alunos a se tornarem curiosos, a explorarem, desmontarem e montarem novamente, a resolver problemas à medida que aprendem sobre esse incrível mundo criado por Deus através das disciplinas na área das ciências — enquanto ensinam a humildade de que nossas hipóteses nem sempre são verdadeiras e que devemos confiar em nosso Criador para nos mostrar a verdade de Sua criação no Seu devido tempo. Lembramos aos nossos alunos que Deus quer que sejamos administradores deste mundo criado, desafiando-os a considerar o que isso significa em suas próprias vidas.

Visitamos as histórias do mundo com nossos alunos – histórias do passado e do presente, deste lugar e daquele lugar. Perguntamos-lhes quem é Deus nestas histórias e qual é o papel deles nela. Celebramos as boas histórias e aprendemos com as histórias ruins e difíceis. Através delas, aprendemos juntos que Deus estava e continuará trabalhando em todas as histórias deste mundo, com pessoas diferentes e em lugares diferentes.

Descobrimos que Deus quer ter um bom relacionamento conosco. Ele vem alcançando e se comunicando desde antes do tempo, pois no princípio era a Palavra. Ele escolheu se comunicar conosco por meio de Seu Espírito e Sua Palavra, um livro único, cheio de canções, cartas, histórias, instruções e até mesmo lamentos. Aprendemos como Deus quer que usemos essas mesmas canções, cartas, histórias, instruções e lamentos uns com os outros e nas nossas comunidades.

Convidamos nossos alunos a se maravilharem com tudo isso, a procurarem e ver Deus em todos os aspectos do Seu mundo, a saberem que Ele deseja ter um bom relacionamento com todos nós e louvá-Lo, exclamando: “Uau, Deus!”

No entanto, também lembramos aos nossos alunos que tanto o mundo quanto nós nem sempre somos como Deus gostaria. Dependendo de Sua orientação, contemplamos juntos como podemos melhorar as coisas em um mundo que nem sempre é como Deus quer e como podemos usar nossas habilidades e conhecimentos aprendidos para praticarmos a justiça, amarmos a fidelidade e andarmos humildemente com nosso Deus (Mq 6:8).

Através de tudo isso, trazemos nossos alunos para esta história, mostrando-lhes o seu lugar nela:

Este é você. E você é único, com sua própria combinação especial de experiências, habilidades,  conhecimentos e genes. E este Deus que temos estudado, este Criador de todas as coisas, ama você. Não apenas a humanidade, mas você mesmo, e Ele deseja que você se torne tudo o que Ele quer que você seja. Isso inclui conhecê-lo através do Seu mundo, da Sua palavra e do Seu Espírito. Deus colocou você no meio de um grupo de pessoas, e é assim que Ele quer que você viva com os outros, em família, em amizade e em comunidade. Talvez com essas habilidades você se torne um professor, ou um agricultor, ou um assistente social, ou um inventor,  ou um designer de site… seja onde for, tornando-se tudo o que Deus quer para você.

Todo o trabalho que fazemos nas escolas com nossos alunos, desde aprender frações até descobrir como conviver uns com os outros, faz parte deste Grande Currículo. Ao fazermos esse trabalho, colaboramos com Deus na transformação dos nossos alunos em direção a ser o que Ele quer que eles sejam. E à medida que nossos alunos são transformados, eles impactarão suas famílias, amigos e comunidade, e essa transformação terá a oportunidade de se espalhar muito além de nossos alunos e nossas escolas.

Talvez a melhor maneira de resumir este Grande Currículo seja dizer que estamos orientando nossos alunos a se tornarem tudo o que Deus quer, à medida que aprendem a amar o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças e a amar o seu próximo como a si mesmos (Mc 12:30–31). Esta é uma educação verdadeiramente transformadora.

É isso que nos leva a acordar todos os dias e começar o dia com esperança e propósito, determinados a fazer a diferença.


Randy Dueck
Consultor Educacional
TeachBeyond Global

Trad: Raphael A. Haeuser

Posts recentes:

Posts relacionados:

Eventos:

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

Didaquê


Fique em contato com a gente

Escritório Nacional: Av. Júlio de Castilhos, 1401 Sala 501 — 95010-003 — Caxias do Sul/RS

um ministério:

TeachBeyond Brasil