Aprendizado à Distância de Emergência

Abaixo estão algumas reflexões para professores de escolas e outros programas educacionais que precisam interromper as aulas presenciais. Este não é um documento definitivo, mas um documento inicial para ajudá-lo a fazer isso funcionar. A instrução à distância de emergência é totalmente viável para a maioria de vocês.

Três sugestões preliminares: 

  1. Envolva os pais. Copiar os pais em e-mails e/ou pedir que eles se envolvam com o aprendizado de seus filhos é importante, principalmente para crianças mais novas. 
  2. Mantenha as coisas simples. Desenvolva o que você e seus alunos já podem fazer. Dê um passo de cada vez.
  3. Avance. Seu objetivo deve ser o desenvolvimento do aprendizado dos seus alunos, e não tentar replicar a sua sala de aula tradicional. 


Você pode ter aulas online? 

Todos os seus alunos têm acesso à internet e computadores? 

SIM: você pode usar o sugestões para aprendizagem on-line em a seção abaixo. 

NÃO: Todos os seus alunos têm acesso à Internet / dados (mas limitado acesso a teclados)? 

SIM: você ainda pode fornecer recursos digitais, mas precisará
limitar as expectativas para entrega das respostas dos alunos 

NÃO: pode ser necessário planejar algum tipo de interação presencial. interações. Você tem como entregar materiais físicos para seus alunos? 

SIM: Compile recursos e planos de aula. Certifique-se de fornecer informações suficientes para que os pais possam ajudar os seus alunos a terem sucesso. 

NÃO: Você está limitado no que você pode fazer neste momento.


Sugestões Gerais

Lembre-se: isso é para emergências e seu objetivo é promover o aprendizado. 

Embora existam excelentes ferramentas on-line disponíveis para aprendizado on-line (ou seja: Microsoft Teams, Moodle, Zoom, etc.), agora provavelmente não é o melhor momento de implementá-los. Se você já está usando essas ferramentas, ótimo; caso contrário, a curva de aprendizado e a aquisição de habilidades necessárias provavelmente será grande demais para a sua necessidade imediata. 

Mesmo sem um sistema de aprendizado on-line, os professores podem fazer muitas coisas digitalmente por seus alunos. Recursos didáticos, como anotações; textos para leituras; produção de textos pelos alunos; grupos de discussão e compartilhamento; e até trabalho em grupo, podem ser facilmente distribuídos e concluídos em formato digital, sem se tornar excessivamente complicado. 

Um princípio a ter em mente: cuidado para não sobrecarregar seus alunos. Comece pequeno, sabendo que os alunos precisam se adaptar a esses novos formatos e que eles também podem ter várias outras disciplinas para decifrar (especialmente nas séries finais do ensino fundamental e no ensino médio). 

Faça seu planejamento anual e seu plano de aula normalmente. Estabeleça metas de aprendizado, use o tempo que você tem, e use os métodos e ferramentas que você já tem à sua disposição.


Ideias e ferramentas específicas

Isso é apenas uma amostra do que você pode fazer. Use o que você conhece e aprenda um pouco mais. Qualquer interação ajuda a promover o aprendizado. Se você não sabe fazer algo (como gravar e enviar vídeos do seu computador), o Google pode te ajudar.

  • Simplesmente estenda as práticas de e-mail que você já usa, criando um grupo para cada turma. O professor pode enviar tarefas, obter respostas, avaliar e interagir pessoalmente com alunos ou pais, etc. 
  • Envie vídeos onde você simplesmente fala, gravando-os no seu computador ou telefone. Você pode até ir ao quadro para escrever algo ou demonstrar um experimento. Seja criativo. Os vídeos podem (e devem) ser curtos! 
  • Forneça links para sites, vídeos, etc. para pesquisa, leitura ou aulas existentes. Peça aos seus alunos que respondam a eles de alguma forma. 
  • Anexe documentos para ler ou encontre downloads gratuitos de livros e artigos que os alunos podem usar. Novamente, espere respostas dos alunos. 
  • Use o Google Docs para criar conversas com indivíduos. Estes podem ser locais onde você pode deixar comentários e notas. 
  • Crie projetos colaborativos para alunos mais velhos usando o Word ou o Google Docs. 
  • Crie opções de bate-papo em grupo no Google, Teams, WhatsApp etc. ou faça uma chamada ao vivo com uma aula. 
  • Para alunos mais novos, envie vídeos seus aos pais para demonstrar habilidades. Anexe folhas de exercícios, atividades para os pais usarem, links para leituras ou outros vídeos, etc. 
  • Grave um arquivo de áudio ou vídeo lendo para seus alunos. Ou forneça links para arquivos de outras pessoas lendo histórias em voz alta. 
  • Um vídeo do professor, conversando com os alunos, ocasionalmente ajuda a manter a conexão, especialmente abordando estudantes mais jovens com atividades. 
Joe Neff & Becky Hunsberger
Serviços Escolares
TeachBeyond Global
 

Para um Momento Como Este (COVID-19)

Em função do atual momento em que vivemos, com medos e incertezas em relação ao COVID-19, o TeachBeyond Brasil criou este espaço de leituras para encorajamento da fé e como ponto de esperança para sociedade.

Posts recentes:

Didaquê


Fique em contato com a gente

Escritório Nacional: Av. Júlio de Castilhos, 1401 Sala 501 — 95010-003 — Caxias do Sul/RS

um ministério:

TeachBeyond Brasil