Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!

Difíceis os dias para todos no planeta! Dos enfermos e carentes aos dirigentes das nações.

Todas as soluções são complexas e o que as difere é o “grau da miopia” (que acomete a todos) com que se vê o problema. Com óculos vejo de perto mas não de longe, sem, vejo de longe mas não de perto!

Valorizar a vida, sempre, AQUI E AGORA, é o sábio, piedoso e necessário, mas e ALI E ALÉM? Não? Onde, quanto, como, o que sacrificar nesta hora para o bem do planeta também em um futuro próximo?

Que situação!

Sem defesas de ninguém e plenamente sequestrado pela graça da “ideologia do Reino” e, portanto, liberto de todas as demais, os dias HOJE são difíceis sim e demandam atitudes sensatas. As decisões muito complexas demandam sabedoria, o FUTURO de crise é iminente e, será, talvez, ainda mais caótico e demanda GRAÇA! Muita GRAÇA da parte de Deus – Criador, Mantenedor e Consumador de todas as coisas.

E pasmem, muitos estão e ainda estarão a se aproveitar de tudo isso com a máquina chamada “governo” a seu favor.

Quem tem a solução? Quem sabe diagnosticar a peste e suas consequências sociais, econômicas, políticas com precisão? O que deveria ser dito, feito, cogitado, olhando o cenário do ponto de vista das estruturas de saúde, dos modelos de produção, dos sistemas de controle, das relações sociais, dos esquemas políticos, do presente e do futuro?

Não tem respostas, por hora! Nem de um lado, nem do outro com a absolutividade demandada!

Façamos, pois, o que Deus manda nessa hora! Simples assim!

Oremos!

Senhor, tem misericórdia dos enfermos e seus queridos, no mundo, que sofrem os males nefastos desse mal…
Senhor, tem misericórdia das autoridades por Ti instituídas no mundo – todas foram – para cumprir Teus propósitos, ó Deus! Conforme a Tua vontade, faz o que melhor Lhe aprouver nesta hora a fim de que não percamos Teus ensinos pro coração, pra vida e usufruamos da Tua graça como o que nos basta nesses desafiadores dias.
Humilha-nos, exalta-nos, corrigi-nos, honra-nos, disciplina-nos, livra-nos, julga-nos, SALVA-NOS conforme o Teu bem e perfeito querer.
Em nome de Jesus, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, cumpre ó Deus Tua Palavra e exerce com o amor que Lhe é próprio, a saber, Tua soberania. E a faça para Tua glória e o bem dos homens que em Ti esperam e aguardam.
Humildes e atuantes, sem fugirmos de nossas responsabilidades, esperaremos quebrantados o cumprimento dos Teus propósitos na e para humanidade, em nome de Jesus…
Amém!

Bruno Brandão

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta