POR QUE’S

Por que ficam tentando tirar Deus de cena?
Por que Ele tem que ser “poupado” desse momento?
Por que achamos que temos que defendê-Lo salvoguardando-O dos conceitos de amor humano que impusemos a Ele e sem permissão?
Por que Ele, como soberano Senhor, tem que estar assistindo de expectador omisso a tudo o que nos tem acontecido nesses dias de pandemia e medo generalizado sem de nada participar, influir, envolver-se?
Por que Seu governo absoluto sobre todas as coisas, toda a criação (incluindo vírus, bactérias, amebas, átomos, moléculas…), todos os corações humanos e desumanos, todas as vidas e mortes, todos os anjos e demônios, todos os tempos e a eternidade tem sido questionado?
Por que Ele não tem o direito, como Deus, de intervir na história humana usando “o que” ou “quem” Ele quiser para cumprir Seus propósitos de juízo, de disciplina, de cuidado, de providência, de revelação, de salvação, de ressignificação sobre e para os homens?
Por que não crermos e admitirmos, simplesmente, como as Escrituras, exaustivamente, nos propõe, que não temos o controle das variáveis da vida e que ela, sobretudo, está em Suas mãos e, portanto, depende, em tudo, Dele?
Por que não aproveitamos o momento e caímos de joelhos arrependidos clamando por graça e misericórdia e crendo que pode ter sido justamente para isso que esse mal tem atingido nossas tendas?
Por que temer tanto se sabemos e cremos que Seu amor pelos que Nele creem não precisa de mais provas tendo a cruz sido posta no calvário e que, desde então, Ele busca reconciliar os homens consigo?
Por que os homens tentam esquivar-se do temor devido a Ele?
Por que…?

Bruno Brandão

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta